Após cruzada de milagres, pastor quase é preso por “exercício ilegal da medicina”

Apos cruzadaApós cruzada de milagres, pastor quase é preso por “exercício ilegal da medicina”

Peter Youngren realizou uma cruzada de sucesso na Índia


O evangelista e pastor Peter Youngren passou muito tempo planejando uma grande cruzada na Índia através de seu ministério World Impact [Impacto Mundial]. Seis dias antes da cruzada começar, jornais e televisão informaram que o evento, denominado Festival da Amizade em Nagpur seria cancelado porque Youngren planejava fazer “conversão em massa”, o que é ilegal na Índia.

Depois de uma longa reunião com a polícia, o comitê organizador pode continuar, desde que assumisse o compromisso que o missionário não iria falar nem orar usando o nome de Jesus . Pouco tempo depois, a polícia mudou de ideia, dando liberdade para Youngren falar livremente.

Apesar da mudança de atitude da polícia, no dia do evento vários grupos anticristãos tentavam conseguir uma liminar na Suprema Corte contra a cruzada. Mas o juiz rejeitou suas alegações.

Os jornais relataram no primeiro dia várias curas milagrosas de pessoas que eram surdas, cegas ou deficientes, citando nomes e casos específicos. Desta vez, os opositores quiseram processar Youngren com a alegação que ele praticava “exercício ilegal da medicina”.

Em um esforço para negar os milagres, um dos grupos anticristãos ofereciam 1,5 milhões de rúpias (cerca de 60 mil reais) para que o missionário provasse que suas orações poderiam curar doenças. E se não o fizesse, poderia ser preso.

Na segunda noite do evento, Youngren disse à multidão que suas orações eram muito fracas e que não se podia esperar muito delas, que ele não era capaz de realizar milagres. Mas ressaltou que ele servia alguém que podia: Jesus. O encontro terminou com 70 minutos de testemunhos ininterruptos de cura, incluindo um jovem hindu, Sushil, que nasceu cego e agora via. Para surpresa geral, um dos líderes políticos do partido anticristão subiu à plataforma para testemunhar que os tumores em sua barriga tinham sido removidos por Jesus.

Nagpur é uma cidade de quase 3 milhões de pessoas, na região central da Índia. O “Festival da Amizade” foi apoiado por quase todas as igrejas cristãs da cidade. No final, o ministério World Impact divulgou que durante os dias da cruzada, dezenas de milhares de pessoas aceitaram a Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador. Youngren pôde sair do país livre das acusações e avisou que voltará ainda este ano para mais um evento na Índia. Com informações Charisma News.

Fonte: Gospel Prime

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *