QUAL VAI SER SUA ESCOLHA??

Hoje quero falar sobre um assunto bem complicado, casamento com pessoas que professam uma fé diferente.

Segundo a Palavra de Deus escrita em 2ª Coríntios 6:14, Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?, não devo me unir a uma pessoa que não sirva ao mesmo Deus que eu sirvo.
Deus vê o casamento como a união de duas pessoas que se tornam uma só. A escolha de parceiros torna-se muito importante visto que cada um irá identificar-se com o outro em sua união.
O Senhor advertiu os Judeus com dureza sobre os casamentos mistos por causa da tendência disso resultar em comprometimentos perigosos e até mesmo, no abandono trágico do compromisso com o Senhor. Na história de Israel, o casamento entre pessoas de diferentes crenças, com frequência levou á adoração de outros deuses. O sábio rei Salomão reinou sobre todas as coisas com sabedoria menos sobre seu coração. Suas setecentas esposas e trezentas concubinas, não apenas continuaram a adorar seus falsos deuses, como também levaram ao rei adorar suas divindades pagãs.
E hoje em nossos dias não ocorre diferente, quando eu tomo a decisão de sair fora da orientação do Senhor, quando deixo meu coração ser envolvido por algo diferente ou novo, quando deixo meus olhos serem atraídos e enganados pela beleza fora do contexto em que vivo…. Eu estou dizendo: Deus, a partir daqui eu tomo as rédeas da minha vida, eu vou correr os riscos necessários para satisfazer este desejo carnal… portanto Senhor quando vierem as consequências da minha escolha errada, Oh Senhor pode crer que eu com certeza correrei para chorar aos seus pés com muito sofrimento em minha alma e coração…. é exatamente assim que agimos quando decidimos passos importantes da nossa vida sem consultar a Deus.
O profeta Malaquias falou energicamente contra homens hebreus que se divorciavam da esposa hebréia para se casarem com uma “adoradora de deus estranho” Malaquias 2:11-16.
Quando eu decido me unir a um jugo desigual tenho que estar preparada para assumir a responsabilidade que cairá sobre minha vida quando este casamento fracassar, sim por que os pensamentos são diferentes, as crenças, eu quero ir para a Igreja adorar e servir ao meu Deus o meu cônjuge quer ir para suas noitadas com os amigos, quer continuar vivendo como se ainda fosse solteiro, bebendo e praticando muitas outras coisas que desagradam ao meu Deus, não haverá um momento de paz para este casal, e quando vierem os filhos??? Como iremos educar nossos filhos?, qual fé vamos ensinar para eles?, qual alimento espiritual daremos para nossos herdeiros???
Precisamos pensar bem a respeito de nossa escolha, pois casamento é para a vida toda, não podemos ser egoístas pensar somente na nossa vontade, no nosso prazer pessoal, precisamos analisar todos os pontos positivos e negativos de uma união desigual. Por que decidir se unir a um jugo desigual e correr o risco da infelicidade, das brigas constantes? Achando no íntimo do coração que depois do casamento eu mudo ele ou ela, faço ela me obedecer afinal a Bíblia diz que a mulher tem que ser submissa ao marido, então ela não poderá se opor em me obedecer….
Por que precisamos passar por este deserto todo se podemos ser feliz no casamento desde o início? É claro que se você se converteu somente muitos anos depois do casamento, a sua atitude tem que ser a de permanecer casada e decidir pagar um preço de oração e clamor na presença do Senhor pela salvação e libertação do seu cônjuge.

Portanto meu amado e minha querida amiga, vamos pensar, analisar o peso de nossas escolhas para que isso não veia afetar nosso futuro a dois e nossa vida presente familiar, não se afaste dos mandamentos do Senhor pois Ele sempre tem o melhor para nossas vidas.
Quero deixar abaixo um pensamento para refletirmos:
“Sozinhos, poderemos apenas causar um pequeno impacto, mas juntos somos capazes de nos tornar um poderoso rio, que abençoará o mundo perdido e necessitado com o admirável amor de Deus”. Autora: Amy Roth
Deus vos abençoe. Tenham um final de semana com muita vitoria e cheio da graça do Senhor.
Rodiyéria Maciel Sotéro

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *