• Página inicial
  • /
  • Sem categoria
  • /
  • ‘Obama provavelmente não conhece Deus nem a Bíblia’, diz pastor

‘Obama provavelmente não conhece Deus nem a Bíblia’, diz pastor

Christine Gregoire
Enquanto os americanos sintonizavam para ver o presidente Barack Obama ser empossado para o seu segundo mandato em 21 de janeiro, uma série de líderes cristãos foram às suas contas de Twitter para oferecer reação.
Obama usará duas Bíblias históricas e finalizará inauguração com ‘Assim Deus me ajude’
Comissão dos EUA exige libertação imediata do pastor iraniano Saeed Abedini dias antes do julgamento
‘Evangelho Segundo Apóstolo Barack’, livro compara Obama com Jesus Cristo e causa polêmica
Indiscutivelmente a observação mais apaixonada veio de Mark Driscoll, pastor fundador da Igreja Mars Hill, em Seattle, Washington, que escreveu que Obama não conhece nem Deus nem a Bíblia. “Orando por nosso presidente, que hoje vai colocar suas mãos sobre uma Bíblia que não acredita para prestar o juramento de um Deus que ele provavelmente não conhece”, Driscoll tuitou. O tuíte do pastor da Igreja Mars Hill foi reenviado para mais de 2.100 pessoas.
O presidente publicamente professou sua fé em Deus muitas vezes, mas também foi acusado pelos conservadores de atacar a liberdade religiosa, sobretudo com a Lei de Cuidados de Saúde Acessíveis para a América que manda empregadores religiosos oferecerem o seguro que cobre o controle de natalidade, incluindo abortivo, a seus empregados.
Em seu tweet compartilhado domingo, o ministro cristão John Piper argumentou que o apoio de Obama ao aborto vai contra os ideais que líder dos direitos civis Martin Luther King Jr. defendia, cujo dia de sua memória caiu no dia da posse este ano.
“O presidente Obama ‘espiritualmente cego’ ou ‘hipócrita’ em lembrar-se de MLK enquanto desrespeita os mais fracos”, tuitou Piper, que é ex-pastor da Igreja Batista Bethlehem em Minneapolis, Minnesota.
Russell Moore, decano do Seminário Teológico Batista do Sul, compartilhou que ele estaria orando para o presidente Obama.

“Parabéns Presidente @ BarackObama. Orações para bênção, sabedoria, saúde e direção”, escreveu Moore.
Louie Giglio da Igreja Passion City, em Atlanta, Geórgia, que se viu no centro de uma controvérsia em torno da inauguração depois que ele renunciou à entrega da bênção oficial porque ele não queria ser parte do debate gay, também compartilhou um pensamento com seus seguidores do Twitter.
“A palavra bênção significa literalmente ‘bom + falar.” Procurando fazer isso hoje”, tuitou Giglio.
Em seu discurso de posse, o presidente Obama mencionou os motins dos direitos dos homossexuais em Stonewall, um símbolo do movimento LGBT – o que potencialmente poderia ter causado mais controvérsia se Giglio permanecesse no comando da bênção. Vários sites liberais têm chamado o ministro cristão evangélico “anti-gay”, devido a um sermão da década de 1990 em que ele prega o que a Bíblia diz sobre a homossexualidade.Christianpost.com

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *