O TESTEMUNHO DE ANGELINA JOLIE

Enquanto a maioria das pessoas prefere ignorar o que se passa do outro lado do abismo, existem aquelas que enxergam além, se preocupam, e tentam construir pontes. E uma destas pessoas se chama
Angelina,‘pequeno anjo’ em italiano.

O que leva uma jovem atriz a abdicar de todo conforto, e viajar meio mundo para aliviar com seu abraço um coração entristecido…?

O garoto africano, de sete anos de idade, traumatizado pelos tantos conflitos tribais que já presenciou, vive excessivamente agitado, motivo pelo qual sua família o mantém amarrado o tempo todo. Durante a visita, diante do carinho e do abraço, aquietou-se..

Há sete anos envolvida em trabalhos humanitários, Angelina Jolie conta que durante os primeiros dois anos chorava continuamente durante as viagens. Hoje, diz que aprendeu a controlar melhor o sentimento de desespero diante de tamanha miséria, e que busca meios que viabilizem uma solução para os tantos problemas encontrados.

Como embaixadora da boa vontade das Nações Unidas, ela tem percorrido dezenas de países: Chade, Costa Rica, Índia, Paquistão, Líbano, Sudão, Tailândia, Sri Lanka, Tanzânia, Equador, Namíbia, Camboja, Serra Leoa, entre outros.

“Eu não me sinto apenas americana, mas também cidadã do mundo.”

Angelina Jolie foi escolhida pela revista Time como a segunda mulher mais influente do globo.
Além de emprestar sua imagem, e doar seu tempo e dinheiro a refugiados e órfãos, ela procura levar a realidade que vivencia nas suas viagens até os líderes mundiais e governantes dos países ricos, propondo soluções e cobrando ações.
Segundo a reportagem da revista Time, doa um terço de seus rendimentos em prol das causas humanitárias.

Chamar a atenção do mundo às causas humanitárias, envolvendo-se intensamente em cada projeto, também tem seus riscos.

Enquanto visitava Angola juntamente com a Unicef, após a guerra em 2002, foi contaminada gravemente pela malária, chegando a quase perder a audição.

Na época, ao comentar o episódio numa entrevista, afirmou:

“Existem alguns riscos que são dignos de se correr, porém o medo de riscos é indesculpável.

Certa vez, interrogada por um jornalista sobre as suas motivações humanitárias, respondeu:

“Gostaria que Maddox se recordasse de mim não apenas como uma atriz que atuou bem e que por isso ganhou prêmios, mas também como alguém que se preocupou com os outros e que fez, ou que pelo menos tentou, com que o mundo fosse melhor para os outros”.

TAG: O TESTEMUNHO DE ANGELINA JOLIE

Deus te ama e tem um plano maravilhoso de vida e salvação para você!!!
Pastor Júlio Fonseca

Compartilhar é se importar!

2 comments

  • Anonymous

    Bom dia ……..
    Parabens pelo ato de compaixao dela pena que são poucas pessoas que fazem isso.

  • Anonymous

    ''QUE DEUS POSSA ESTAR ABENÇOANDO A VIDA DESSA ,PESSOA (ANGELINA .)QUE POSSA NO MUNDO ATRAVES DO EXEMPLO DE VIDA DESSA MULHER TOCAR NOS CORAÇOES AJUDAR PESSOAS QUE TANTO PRECISA EM VEZ DISSO PREFIRIMOS OLHAR PARA O NOSSO PROPRIO EU E DEIXAMOS PASSAR , TUDO ISSO,QUE O SENHOR ABENÇOE A TODOS QUE LER ESSE DEPOIMENTO .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *