Lauro Jardim diz que MK Music brigou com o Grammy Latino

Na coluna “Radar Online”, o jornalista da Veja, Lauro Jardim, disse que a gravadora MK Music teria se desentendido com a organização do Grammy Latino.
O motivo seria pela gravadora não concordar com os critérios de escolha dos indicados à premiação. E disse ainda que não é certo ter produções da empresa concorrendo na edição 2013 do evento.
A cantora Aline Barros foi a vencedora do Grammy Latino deste ano, com um álbum infantil, o “Aline Barros e CIA 3″, que concorreu com outros projetos, como o DT14 Sol da Justiça e o “Elétrico e Acústico” do PC Baruk.
A MK Music emitiu uma nota ao Portal Diante do Trono dizendo que a informação não procede e que a empresa não deixará de inscrever seus trabalhos na premiação:
“Em referência a nota publicada na coluna RADAR ON-LINE da Revista Veja, às 6h37 de hoje (terça-feira, 19/12/12), gostaríamos de informá-los que tais informações não são verdadeiras. A gravadora MK Music, com mais de 25 anos de trabalho sério e reconhecido, nunca se desentendeu com a organização do Grammy Latino, muito menos deixará de inscrever seus produtos nas edições futuras.”
Tadeu Ribeiro

Lauro Jardim diz que MK Music brigou com o Grammy Latino

Compartilhar é se importar!

The following two tabs change content below.
Meu nome é Júlio Fonseca sou Pastor da Igreja de Deus no Brasil na pequena cidade de Anhanguera/Go. Usando a internet para levar a palavra de Deus a todos. Com paz, amor e respeito.

Outras postagens por Pastor Júlio Fonseca (Ver todas)

Sem categoria