IGREJA É DERRUBADA DE MADRUGADA EM MOSCOU

IGREJA É DERRUBADA DE MADRUGADA EM MOSCOU

IGREJA É DERRUBADA DE MADRUGADA EM MOSCOU

A Igreja Pentecostal Santíssima Trindade foi demolida por equipe de demolição acompanhada pela polícia em Moscou, capital Russa, nesta semana.

Trabalhadores apoiados por policiais e voluntários civis, aparentemente com ordem judicial, começaram a demolir logo após meia-noite de 06 de setembro. O prédio de três andares foi totalmente destruído.

De acordo publicação CBN News, um membro da igreja que não foi identificado, explicou que o governo russo está mudando à “força” o local de algumas igrejas, dando-lhes terra em áreas mais remotas para construir novos edifícios.

Ainda de acordo com o relato, o governo pede que após a permanência em um território, as igrejas refaçam suas estruturas com alicerces de alvenaria, porém as licenças necessárias para construção têm sido negadas pelo próprio governo.

Quando uma congregação não cumpre o prazo, a terra é recuperada e tudo integrado torna-se propriedade do governo.

Grupos de direitos humanos e membros da igreja ficaram chocados com a demolição que ocorreu tarde da noite.

“Neste momento, as autoridades destruíram nossa igreja … agora são 04h30 – horário de Moscou”, escreveu um membro em um e-mail para Frank Wright, presidente e CEO da National Religious Broadcasters.

“Eles vieram à noite, para evitar conflitos com as pessoas”, continuou ele. “Alguns itens da igreja foram roubados, outros destruídos. Não podemos fazer nada, apenas orar e chorar”.

Grupos de direitos humanos dizem que a congregação da Santíssima Trindade Pentecostal tentou atender aos requisitos legais da cidade.

A Santíssima Trindade está entre muitas igrejas evangélicas expulsas de Moscou nos últimos meses. Alguns líderes cristãos temem que os incidentes sejam evidências de que a liberdade religiosa esteja desaparecendo na Rússia.

Fonte: The Christian Post

A Igreja Pentecostal Santíssima Trindade foi demolida por equipe de demolição acompanhada pela polícia em Moscou, capital Russa, nesta semana.

Trabalhadores apoiados por policiais e voluntários civis, aparentemente com ordem judicial, começaram a demolir logo após meia-noite de 06 de setembro. O prédio de três andares foi totalmente destruído.

De acordo publicação CBN News, um membro da igreja que não foi identificado, explicou que o governo russo está mudando à “força” o local de algumas igrejas, dando-lhes terra em áreas mais remotas para construir novos edifícios.

Ainda de acordo com o relato, o governo pede que após a permanência em um território, as igrejas refaçam suas estruturas com alicerces de alvenaria, porém as licenças necessárias para construção têm sido negadas pelo próprio governo.

Quando uma congregação não cumpre o prazo, a terra é recuperada e tudo integrado torna-se propriedade do governo.

Grupos de direitos humanos e membros da igreja ficaram chocados com a demolição que ocorreu tarde da noite.

“Neste momento, as autoridades destruíram nossa igreja … agora são 04h30 – horário de Moscou”, escreveu um membro em um e-mail para Frank Wright, presidente e CEO da National Religious Broadcasters.

“Eles vieram à noite, para evitar conflitos com as pessoas”, continuou ele. “Alguns itens da igreja foram roubados, outros destruídos. Não podemos fazer nada, apenas orar e chorar”.

Grupos de direitos humanos dizem que a congregação da Santíssima Trindade Pentecostal tentou atender aos requisitos legais da cidade.

A Santíssima Trindade está entre muitas igrejas evangélicas expulsas de Moscou nos últimos meses. Alguns líderes cristãos temem que os incidentes sejam evidências de que a liberdade religiosa esteja desaparecendo na Rússia.

Fonte: The Christian Post

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *