Como age Satanás?

Escrito por: Andre Luiz

Blog: Caminho do Senhor

No primeiro capítulo do livro de Jó observamos que Satanás age da seguinte forma:

1. Satanás apresenta-se a Deus (ele tem acesso direito ao Pai);

2. Satanás faz falsas acusações sobre aquele que ele elegeu como sua vítima (pode ser uma pessoa em particular, um grupo de pessoas e ou até nações inteiras);

3. Satanás pede permissão a Deus para afligir sua vítima através de vários males ( doenças, problemas financeiros, morte de familiares, obsessão demoníaca, entre outros );

4. Deus pela sua vontade soberana ele pode acatar o pedido de Satanás ou repreende-lo;

5. Deus acatando o pedido de Satanás, põe limites a ação dele sobre sua vítima;

6. Satanás ataca sua vítima, ele não se pode exceder, pois Deus coloca limites a sua ação;

Muitos devem estar se perguntando: “Mas porque Deus concede a Satanás que ele faça o mal aos homens, até mesmo aos justos e bons aos nossos olhos?”
Aos olhos de Deus não há nenhum homem justo e bom na face da terra:
“Pois quê? Somos nós mais excelentes? De maneira nenhuma! Pois que já dantes demonstramos que, tanto judeus como gregos, todos estamos debaixo do pecado, como está escrito: Não há um justo, nem um sequer.
Não há ninguém que entenda; não há ninguém que busque a Deus.
Todos se extraviaram e juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só.
A sua garganta é um sepulcro aberto; como a língua tratam enganosamente; peçonha de áspides está debaixo de seus lábios; cuja boca está cheia de maldição e amargura.
Os seus pés são ligeiros para derramar sangue.

Em seus caminhos há destruição e miséria; não conhecem o caminho da paz.
Não há temor de Deus diante de seus olhos.” –Rm. 3: 9-18.

Será Deus injusto por afligir-nos com os flagelos destruidores atravé de Satanás?
“Porventura, será Deus injusto, trazendo ira sobre nós? (Falo como homem ).
De maneira nenhuma! Doutro modo, como julgará Deus o mundo? Rm. 3: 5 – 6.

O sofrimento é um castigo para o ímpio e uma prova para o cristão.
Deus põe a prova todos os cristãos, através do sofrimento e da dor, utilizando para isso Satanás. Pois é muito fácil para um cristão amar a Deus e seus desígnios perante a alegria e as bênçãos, mas muitos cristão renegam a Deus e a Jesus Cristo diante da dor e das dificuldades.

Deus prova a convicção do cristão em adorá-lo, louvá-lo e seguir os teus caminhos seja qual forem as circunstâncias.
Quando estivermos passando por aflições e dores de qualquer espécie devemos dizer:
“A minha carne e o meu coração desfalecem; mas Deus é fortaleza do meu coração e aminha porção para sempre.” – Sl. 73: 26.

Se você caro leitor estiver entristecido porque Satanás consumiu seus bens com fogo, acabou com seu casamento, fez você ou alguém da sua família ficar severamente doente e se até a morte já te visitou.

Não blasfemes contra Deus. Siga o exemplo de Jó:
“Então, Jó se levantou, e rasgou o seu manto, e rapou a tua cabeça, e se lançou em terra, e adorou, e disse: Nu saí do ventre de minha mãe e nu tornarei para lá; o Senhor o deu e o Senhor o tomou; bendito seja o nome do Senhor.” – Jó. 1: 20 -21

E nunca se esqueça das promessas do Senhor:
“Quando passares pelas águas, estarei contigo, e, quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti.” – Is. 43: 2.

Leia outros textos de André Luiz, clique aqui.

Como age Satanás?

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *