A FOTO DO DEMÔNIO? SERÁ?

Não é de hoje que acontecimentos misteriosos nos deixam impressionados, ainda mais quando aparentemente não parece haver uma explicação para tais acontecimentos. Um desses acontecimentos foi registrado na Inglaterra com a jovem que dá nome a esta postagem e acabou sendo trazido para a internet. Esta história já está circulando há algum tempo e eu resolvi transcrever nesta postagem, dando dentro do possível uma visão mais ampla do fenômeno.

De acordo com a site Manos do Mundo.
No dia 27 de setembro de 1998, foi encontrado um cadáver, muito bem preservado. A primeira vista uma menina vítima recente de estupro, com aproximadamente 12 anos de idade. Após uma primeira análise feita pela polícia técnica da cidade, constatou-se que alguns dos objetos pessoais da menina tinham mais de 30 anos. Isso chamou a atenção de uma universidade inglesa, que com uma parceria com a polícia local, fez a exumação do corpo.

Feita a análise de DNA, seguida de minuciosos exames, foi constatado que o corpo havia sido conservado, inexplicavelmente, por mais de 30 anos. Foram averiguados todos os crimes ocorridos nesta época, mas nenhum bateu com a fisiologia da menina em questão. Porém, descobriu-se que ocorreu neste período um desaparecimento de uma menina de dentro de um colégio de freiras, próximo ao local onde o corpo havia sido encontrado.



Foi então feita uma pesquisa nos arquivos da escola para tentar explicar o estranho acontecimento. A menina chamava-se Marian Melisa Taylor e seus arquivos indicavam a data de seu nascimento no dia 6 de junho de 1950. Seu desaparecimento ocorreu no dia 24 de junho de 1962. No meio dos arquivos da menina em questão, foi encontrada uma foto com a data no verso. Porém, esta foto estava em péssimo estado, para poder ver o conteúdo real da imagem, foi usada uma Técnica de espectrografia, que revelou essa imagem:

Para o espanto dos que estavam fazendo o trabalho de recuperação nesta foto, a menina apareceu despida, com um vulto inexplicável atrás, como se estivesse puxando-a para dentro de uma sala e ela tentando fugir. Porém, na foto original, percebia-se claramente a presença da vestimenta tradicional para uma estudante em um colégio de freiras para a época. Um vestido longo, azul marinho, com a cruz de Cristo no peito. E nenhum sinal de vulto algum.

Na hora que viram isso todos se espantaram pois a foto original permitia ver que ela usava um vestido azul e na foto acima ela parece estar nua. Sem explicação alguma a foto original que estava com a polícia sumiu. Deixando para trás apenas essa misteriosa imagem. Porém algo bastante assustador aconteceu quando eles aplicaram uma inversão de cores na foto, pois a cena aterradora ficou ainda mais clara:



Descobriu-se também que na noite do dia em que a foto foi tirada, a menina desapareceu. Após a foto ter tomado seu formato atual, foram extraviadas inexplicavelmente as outras fotos da menina de dentro dos computadores da universidade e da polícia, inclusive a foto original que foi escaneada para que pudessem ser feitos os estudos.
Professores e mestres de computação gráfica que trabalhavam no caso, não souberam explicar como a foto original transformou-se tão drasticamente. tentou-se em vão retroceder o processo e chegar a foto original.

CURIOSIDADES

Na foto original afirmam que a postura da menina era normal de quem está posando para uma foto, com os pés juntos e o vestido longo deixando apenas as sapatilhas de fora.

Algumas pessoas não vem a imagem da menina, mas a imagem do demônio atrás dela.

Outras dizem ver a imagem se movimentando, como se tentasse fugir do Satã. (essas pessoas apenas por terem visto a foto tiveram algum parente próximo, geralmente uma filha ou irmã, vítima de violência sexual seguida de homicídio ou simples desaparecimento).

VEJAM ESTES DADOS MATEMÁTICOS
A menina foi encontrada 36 anos depois (3+6)=9

O ano em que ela desapareceu foi (1962) = (1+9+6+2) = (1+8) = 9

O número da Besta (6+6+6) = (1+8) = 9

Agora vamos pegar um número de cada, obteremos o 999
A data em que ela foi encontrada 27/09/1998 (2+7/9/1+9+9+8) = 9/9/9
Sua foto foi apareceu misteriosamente com a photopolaridade magnética invertida, ao fazer uma rotação de 180º com os números duplamente encontrados acima “999” encontraremos o número 666, o número da Besta.

O ano em que a menina foi encontrada, 1998 que é igual a 3 vezes o número da Besta 666
A data de nascimento da menina 6 de junho de 1950 (6/6/1+9+5+0) … (6/6/6) … 666

A data em que a menina desapareceu foi 24 de junho de 1962 (2+4/6/1+9+6+2) … (6/6/6) … 666
O número de letras do nome dela Marian (6) Melisa (6) Taylor (6) … Reparem o número novamente!
O dia em que a menina desapareceu 24 subtraído da data de seu nascimento 6 = 18
3×6 = 18 ou escrevendo 3×6 de outro modo 6+6+6.

Não seria isso muita coincidência?

DADOS
De acordo com o site pesquisado esta matéria teria sido extraída de um site inglês que deixou de existir. Segundo o autor várias explicações foram dadas para justificar porque o site teria terminado. Por exemplo: a mulher responsável por ele teria desaparecido da internet e da vida real sem deixar rastros. Alguns afirmam que ela ficara louca e suicidara-se, outras pessoas dizem que a menina veio buscá-la. Pelo que foi dito no site outras pessoas com fortes vínculos com o espiritismo afirmariam veementemente que a mulher era a própria menina, vinda em forma de um espírito que utilizou o meio de comunicação mais difundido nos dias de hoje, pois teria feito um pacto com Satanás para que ninguém mais duvidasse dos poderes de Lúcifer em troca de que ela pudesse descansar em paz, por isso ela mesma haveria indicado o local de seu cadáver para que pudessem encontrá-la.
Bem! como na internet muita coisa é publicada – e quase sempre elas não são confiáveis – eu procuro deixar a cargo do leitor decidir até que ponto uma informação deste tipo pode ser considerada real ou mera lenda urbana. 

TAG: A FOTO DO DEMÔNIO? SERÁ?

Deus te ama e tem um plano maravilhoso de vida e salvação para você!!!
Pastor Júlio Fonseca

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *