UM MUNDO CHEIO DE ILUSÕES É O QUE TEMOS

Vivemos momentos de reflexões específicos em nossas vidas, o momento das descobertas, da imaturidade, da contemplação, enfim cada momento da vida nos faz refletir sobre a ela mesma de uma maneira diferente.

Bom, no meu caso, tenho vivido um momento que eu descreveria como um momento de revelação. Assim como Paulo minhas escamas caem dos meus olhos, claro que não vivo a situação de Paulo, mais de certa forma o que antes não via passo a ver, e agradeço ao espirito santo por tal revelação.

Passamos nossas vidas realizando coisas que todos de uma maneira geral fazem: crescendo, casando, procurando um trabalho, estudando, enfim, uma vida comum e rotineira. Mais em determinado momento devemos parar e refletir sobre o que estamos fazendo e porque o estamos fazendo?

É ai que surge nossas dúvidas existenciais, mais com a fé que hoje tenho, junto com a pergunta, vem a revelação espiritual. Vejo o mundo como transitório, vejo os bens materiais como objetivos de vida para muitos, como se ninguém pudesse parar, temos que trabalhar, conquistar, realizar. Isso é um paradigma que passamos de pai para filhos. Deveríamos analisar mais o porque fazemos, do que simplesmente perder todo nosso tempo nos preparando ou realizando algo que nos disseram ser importante ou necessário para nossas vidas.

  • Tenha uma profissão.
  • Case-se com um bom partido.
  • Tenha filhos.
  • Faça uma dieta.
  • Escreva um livro.
  • Seja educado.
  • Seja inteligente.

O ser humano se tornou a máquina do fazer, todos estão fazendo algo, o tempo todo. Mais afinal qual é o objetivo desta vida? E que conclusões podemos chegar de tudo isso:

Buscar as riquezas materiais é perca de tempo, se trabalha de mais e quando se conquista algo, já estamos no final da vida, e não nos resta tempo para desfrutar das conquistas materiais obtidas.

Mateus
6.19   Não acumuleis para vós outros tesouros sobre a terra, onde a traça e a ferrugem corroem e onde ladrões escavam e roubam;

6.20   mas ajuntai para vós outros tesouros no céu, onde traça nem ferrugem corrói, e onde ladrões não escavam, nem roubam;

As alegrias e as tristezas são passageiras, um dia as vivemos, num outro nem delas recordamos, por isso viva cada uma delas com a sabedoria de não se desesperar com acontecimentos ruins e nem se ensoberbecer dos dias bons.

No mais tudo é passageiro, estas minhas palavras não são novas, na verdade constam na bíblia, mais importa saber que as coisas que vemos e vivemos ou sabemos continuam a mesma, as águas continuam correndo para o mar. Deus continua a ser Deus e quem tem juizo o busque enquanto se pode achar.

Eclesiastes

3.1   Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu:

3.2   há tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou;

3.3   tempo de matar e tempo de curar; tempo de derribar e tempo de edificar;

3.4   tempo de chorar e tempo de rir; tempo de prantear e tempo de saltar de alegria;

3.5   tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar e tempo de afastar-se de abraçar;

3.6   tempo de buscar e tempo de perder; tempo de guardar e tempo de deitar fora;

3.7   tempo de rasgar e tempo de coser; tempo de estar calado e tempo de falar;

3.8   tempo de amar e tempo de aborrecer; tempo de guerra e tempo de paz.

3.9   Que proveito tem o trabalhador naquilo com que se afadiga?

3.10   Vi o trabalho que Deus impôs aos filhos dos homens, para com ele os afligir.

3.11   Tudo fez Deus formoso no seu devido tempo; também pôs a eternidade no coração do homem, sem que este possa descobrir as obras que Deus fez desde o princípio até ao fim.

3.12   Sei que nada há melhor para o homem do que regozijar-se e levar vida regalada;

3.13   e também que é dom de Deus que possa o homem comer, beber e desfrutar o bem de todo o seu trabalho.

3.14   Sei que tudo quanto Deus faz durará eternamente; nada se lhe pode acrescentar e nada lhe tirar; e isto faz Deus para que os homens temam diante dele.

3.15   O que é já foi, e o que há de ser também já foi; Deus fará renovar-se o que se passou.

3.16   Vi ainda debaixo do sol que no lugar do juízo reinava a maldade e no lugar da justiça, maldade ainda.

3.17   Então, disse comigo: Deus julgará o justo e o perverso; pois há tempo para todo propósito e para toda obra.

3.18   Disse ainda comigo: é por causa dos filhos dos homens, para que Deus os prove, e eles vejam que são em si mesmos como os animais.

3.19   Porque o que sucede aos filhos dos homens sucede aos animais; o mesmo lhes sucede: como morre um, assim morre o outro, todos têm o mesmo fôlego de vida, e nenhuma vantagem tem o homem sobre os animais; porque tudo é vaidade.

3.20   Todos vão para o mesmo lugar; todos procedem do pó e ao pó tornarão.

3.21   Quem sabe se o fôlego de vida dos filhos dos homens se dirige para cima e o dos animais para baixo, para a terra?

3.22   Pelo que vi não haver coisa melhor do que alegrar-se o homem nas suas obras, porque essa é a sua recompensa; quem o fará voltar para ver o que será depois dele?

TAG: UM MUNDO CHEIO DE ILUSÕES É O QUE TEMOS

Deus te ama e tem um plano maravilhoso de vida e salvação para você!!!
Pastor Júlio Fonseca

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *