CRENTE PODE PARTICIPAR DA FESTA JUNINA?

Todo ano nesta épocas, novos e antigos convertidos passam a se questionar a esse respeito, principalmente porque nas escolas, a uma agitação para as festividades da festas juninas, dai vem a pergunta, afinal, crente pode participar da festa junina.
O texto que Paulo escreve aos coríntios nos dá uma bela reflexão sobre esse tema veja:

1 Coríntios 8

8 – Ora a comida não nos faz agradáveis a Deus, porque, se comemos, nada temos de mais e, se não comemos, nada nos falta.
9 – Mas vede que essa liberdade não seja de alguma maneira escândalo para os fracos.
10 – Porque, se alguém te vir a ti, que tens ciência, sentado à mesa no templo dos ídolos, não será a consciência do que é fraco induzida a comer das coisas sacrificadas aos ídolos?
11 – E pela tua ciência perecerá o irmão fraco, pelo qual Cristo morreu.
12 – Ora, pecando assim contra os irmãos, e ferindo a sua fraca consciência, pecais contra Cristo.
13 – Por isso, se a comida escandalizar a meu irmão, nunca mais comerei carne, para que meu irmão não se escandalize.
Conlusão:
De fato o comer pipoca e canjica, o dançar quadrilha, e demais atividades da festa não é nada, pois os santos que a Igreja católica adora durante estas festividades, não ressucitaram, portanto estão dormindo assim como os demais falecidos.
Porém é certo que quem participa de uma festa a um santo, está comumente participando da adoração a esse santo, e para não sermos confundidos com seus adoradores, é prudente que o crente se abstênha completamente desta festa e suas atividades.
Para as mães que sofrem com a pressão de seus filhos que não entendem ainda as conseguências da rebeldia a palavra de Deus, eis a palavra de Deus:
Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele. Provérbios 22:6 
Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e o porfiar é como iniqüidade e idolatria. Porquanto tu rejeitaste a palavra do SENHOR, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei. 1 Samuel 15:23 
Quando seu filho crescer e compreender a palavra de Deus, sentirá orgulho pelo zelo de seus pais. Afinal de contas, enquanto o filho não tem condição de decidir por sí os pais é quem deve instruí-los.


Pastor Julio Fonseca
www.idagospel.com
Deus te ama e tem um plano maravilhoso de vida e salvação para você!!!
Pastor Júlio Fonseca

Compartilhar é se importar!

2 comments

  • Anonymous

    É com tristeza que observo nas escolas, os filhos de crentes, escandalizam muito mais. Tudo por omissão dos pais caminharem juntos, orientarem seus filhos. A maioria não oram com os filhos, não leem a palavra. Leva-os para igreja, no entanto, pouco importa se estão dentro da igreja, nos corredores, brigando, com conversas que não convém. Deixa a responsabilidade para o pastor ou dirigente das crianças, e quando os mesmos reclamam por estarem correndo no meio da igreja, os pais ficam cheio de razão. Acordem pais! Filhos são bençãos, como vocês estão cuidando dessas bençãos?

  • Anonymous

    Parabéns pela palavra. Os filhos dos maçons, testemunhas de Jeová… Seguem rigorosamente os ensinamentos dos pais e não são frustrados. Mas, os crentes tem a tendencia de deixarem os filhos participarem de tudo, para não se frustrarem. Depois ficam muito admirados, chorosos, pedindo oração porque os filhos saem dos caminhos do Senhor. A Bíblia diz: Os filhos das trevas são mais prudentes do que os filhos da luz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *