Suícidio: Como evitar esta tragédia?

Suícidio: Como evitar esta tragédia?

Este assunto é vasto e extremamente importante em sua abordagem. Só para termos uma idéia da gravidade do problema, há dez anos, ou seja, em 2003, cerca de 900 mil pessoas cometeram  suicídio no mundo inteiro. Em 2004, aproximadamente oito mil brasileiros tiraram a própria vida. Disponível em: portal.saude.gov.br. Acesso em: 07 de Fev. 2013.
Segundo a declaração da OMS (Organização Mundial da Saúde), a cada 40 segundos uma pessoa comete suicídio no mundo. Ou seja, por ano, um milhão de indivíduos decidem tirar a própria vida. Atualmente, 55% destes tem menos de 45 anos idade – em 1950, por outro lado, 60% dos suicidas eram mais velhos que isto. Portanto, o suicídio é a terceira causa de morte mais recorrente entre as pessoas de 15 a 44 anos. Já entre os jovens de 10 a 24 anos, o suicídio constitui a segunda maior causa de morte. Como podemos perceber os dados são assustadores.
Mas por que será que muitos cometem suicídio? Existem diversos fatores. Entre vários motivos,  quero destacar a questão do desespero e a desesperança. O desespero, mediante a um acontecimento trágico, tem sido um dos pivôs do suicídio. Como exemplo, temos o caso de Elissandro Spohr, conhecido como Kiko, que tentou se matar, por ser um dos donos da boate Kiss, onde centenas de jovens perderam suas vidas, vítimas de um incêndio. Na prisão, ele amarrou uma mangueira de chuveiro no pescoço, mas foi impedido por um agente penitenciário.
Na Bíblia,  há o relato de um agente carcerário que tentou se matar ao supor que os presos haviam fugido, enquanto ele dormia no trabalho (Atos 16:26-31). Ao ser avisado por Paulo que todos os presos estavam ali, o carcereiro desejou ser salvo em Cristo. Tudo que aquele homem precisava era de uma solução para sua aflição. Paulo apresentou Cristo para ele, que foi a verdadeira resposta para seu problema. Um suicídio foi impedido, uma vida foi salva. Neste caso, esse homem tentou tirar a vida com suas próprias mãos. Há casos em que muitos não tem coragem de tirar a própria vida, mas desejam ardentemente morrer, encontrando-se numa situação de desesperança em relação à vida.
Ao detectarmos alguém com algum comportamento suicida, é preciso termos sabedoria para lidar com tal situação. Parece irônico pensar que muitos, apesar de terem status, fama, poder social e aquisitivo, ainda tentam partir para o suicídio. Isto acontece porque exteriormente estão resolvidos, mas por dentro, doentes. Nada pode preencher o vazio da alma, a não ser a presença de Deus. Não sei como você se encontra neste exato momento, mas sei que existe alguém que se importa com seus sentimentos e conflitos.
Vinde a mim todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei.” (Mateus 11:28). Em sua entrega a Jesus, não somente você conseguirá superar todas as tragédias e calamidades, mas terá também sua vida espiritual restaurada e realizada. Jesus te ama e tem vida em abundância para você. Nele, você nunca mais será o mesmo. Busque ajuda, há esperança para você. Caso queira conversar a respeito do assunto, estamos à sua disposição!
Ademir S. de Almeida

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *