Rachel Sheherazade convoca ativistas anti-Feliciano a protestarem contra mensaleiros

raquel

Rachel Sheherazade convoca ativistas anti-Feliciano a protestarem contra mensaleiros

A âncora do jornal SBT Brasil lembrou que nenhum ativista de direitos humanos chegou a protestar contra a corrupção

A âncora do jornal SBT Brasil lembrou que enquanto todo mundo critica o deputado Marco Feliciano (PSC-SP) que está como presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, nada foi feito contra os deputados José Genoino (PT-SP) e João Paulo Cunha (PT-SP) que foram condenados por participação no escândalo do mensalão.A jornalista Rachel Sheherazade comentou a reportagem sobre o protesto de um grupo de evangélicos na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, convocando os ativistas anti-Feliciano para se juntarem na campanha contra os deputados condenados pelo Supremo Tribunal Federal.

“Enquanto os holofotes miram Feliciano, os mensaleiros José Genoíno e João Paulo Cunha continuam em cena, atuando tranquilamente na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara. Tomaram posse faz tempo. Mas até ontem, nenhum protesto, nenhum bate boca, nenhuma passeata, nenhum beijaço de artistas”, criticou Sheherazade.

A jornalista questiona onde está os defensores dos direitos humanos que não lutam contra a corrupção do país e nem ajuntam multidões para pintar a cara e pedir a saída de políticos mensaleiros.

“Eu conclamo agora, os apaixonados ativistas anti-Feliciano a promover também um beijaço, a fazer também um barraco, a pintar a cara e gritar bem alto: fora mensaleiros, vocês não representam o Brasil”, disse a jornalista.

Assista:


Fonte: Gospel Prime

Compartilhar é se importar!

2 comments

  • Leka

    Marcos Feliciano e a bancada religiosa tmbm deveriam fazer projetos para punir corruptos, mas sabe pq eles não fazem tais leis?? pq eles são corruptos , pois pra eles se preocupar cm a orientação sexual alheia é mais conveniente, do que lutar contra a corrupção, lembrando que os mesmos estavam querendo negar atendimento médico às vítimas de estupros!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *