O HOMEM E SEUS LIMITES

Texto: Gn 2: 7 – E formou o SENHOR Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente. 8 E plantou o SENHOR Deus um jardim no Éden, do lado oriental; e pôs ali o homem que tinha formado. 9 E o SENHOR Deus fez brotar da terra toda a árvore agradável à vista, e boa para comida; e a árvore da vida no meio do jardim, e a árvore do conhecimento do bem e do mal. 10 E saía um rio do Éden para regar o jardim; e dali se dividia e se tornava em quatro braços.
Introdução: Deus criou um paraíso e colocou nele o homem.

1- A liberdade humana – “De toda árvore do jardim comerás livremente”.Deus colocou muitas árvores frutíferas à disposição do homem, representando tudo o que Deus nos dá para o nosso deleite.

(Gênesis 2:16) – E ordenou o SENHOR Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente,

2 – O limite – “mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás”.
Não existe liberdade absoluta. O homem precisa, desde criança, conhecer os seus limites. A árvore proibida representa aquilo que pertence a Deus, ou aquilo que pertence ao próximo, ou aquilo que nos prejudicaria de alguma forma. O que Deus nos dá é muito mais do que aquilo que ele nos nega, pede ou proíbe.

(Gênesis 2:17) – Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; …porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.

3 – Consequências – “no dia em que dela comeres, certamente morrerás”. As proibições divinas têm o propósito de nos proteger. Não são opressoras, mas funcionam como cerca na beira no abismo.

Muitos entendem as proibições, mais não estão preocupados com as consequências.

O homem é livre para escolher seu destino, mais diante de tantas opções qual seria a mais adequada, o homem opta melhor quando entrega seu destino a Deus, você não necessita está no comando de sua vida, deixa Deus tomar algumas decisões por você, como? vc deve estar se perguntando. Quando tiver dúvidas sobre o que fazer, pergunte a sí mesmo, se Jesus estivesse aqui no meu lugar o que ele faria? Isso ajuda a trazer a memória a palavra de Deus, também devemos recorrer a bíblia e ao cultos nas igrejas locais para saber como nos comportar diante de várias situações. Lembre-se é pelas pisaduras de Jesus que somos sarados, isso implica em andar como ele andou.

(Isaías 53:5) – Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.

Nota: devemos usufruir de tudo o que Deus nos dá, mas devemos respeitar os limites que ele estabeleceu. Os limites que Deus nos empoem é o mesmo limite que o Pai impõem sobre o filho para não o vêr sofrer, muitos tem as proibições de Deus como punição, uma imposição sem sentido, porém o fato é que seguindo os limites estabelecidos por Deus com certeza estaremos vivendo melhor, resguardados pela proteção de Deus. Muitos querem a proteção que cura e que nos traz as bênçãos porém a proteção proibitiva essa nem todos estão disposto a seguir.

(Provérbios 22:28) – Não removas os antigos limites que teus pais fizeram.

Tag: O HOMEM E SEUS LIMITES

Deus te ama e tem um plano maravilhoso de vida e salvação para você!!!
Pastor Júlio Fonseca

Compartilhar é se importar!

One comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *