Mudando a sua visão sobre o dinheiro

Mudando a sua visão sobre o dinheiro

Como você está financeiramente? Você tem dinheiro suficiente? Nunca deixe que ninguém lhe diga que dinheiro não é importante! Dinheiro é importante! Dinheiro é essencial! Sem dinheiro, é provável que qualquer outra ária sofra. Você pode morrer de fome se não tiver dinheiro.
O dinheiro tem má reputação porque a maioria das pessoas não tem o suficiente. Para justificar sua falta, você vai ouvi-los dizendo: Dinheiro é rais de todo mal ou dinheiro não compra felicidade ou dinheiro não é tudo etc. Essas ideias estão completamente erradas.
Elas são utilizadas somente para apresentar justificativa pela falta do dinheiro. O dinheiro não é raiz de todo mal, o AMOR ao dinheiro que é! (1 Timóteo 6:10) Você pode gastar bastante dinheiro, mais nunca deixe que ele se torne seu deus, respeite o dinheiro por todo bem que ele pode fazer.
Faça bons planos para seu dinheiro, aprecie o dinheiro e tenha desejo por ele, mais nunca viva sua vida em função do dinheiro, o dinheiro é uma ferramenta, use-o inadequadamente e sua vida será miserável, não use e você irá perde-lo.
Deixe o dinheiro fazê-lo feliz:
O dinheiro pode comprar a felicidade! Por isso o dinheiro é tão valioso, o que você mais gostaria de comprar? Certamente você não gostaria de comprar infelicidade! Não importa se você tem pouco ou muito dinheiro, ele sempre pode comprar a felicidade.
Mesmo se você tiver pagando a vista sua casa de doze cômodos na praia ou pagando o último mês de aluguel de seu apartamento para evitar ser despejado! Se o dinheiro não compra felicidade porque todos estão tentando obtê-lo? A pobreza não compra felicidade, fique longe dela.
O que dizer sobre as pessoas que tem tanto dinheiro que nem consegue usá-lo todo, e mesmo assim são infelizes? Essas pessoas são aquelas que transformaram o dinheiro em seu deus. O dinheiro pode comprar a felicidade! Mas não deixe que ele se torne seu deus.
Pense nos bilionários que acabaram com suas próprias vidas. Cuidado para não entrar nesse caminho. Nunca tenha medo de perder tudo que você ganhou. Não se apaixone pelo dinheiro ao ponto dele se tornar um peso. Se você se preocupa em perde-lo, em ser roubado ou em gastá-lo, ele já se tornou um peso para você.
Neste sentido, dinheiro não pode comprar felicidade. Neste ponto o dinheiro tornou-se um deus. A fim de não cair nesta armadilha, recomendo que você devolva o dízimo, devolva para a obra de Deus 10%(dez por cento) de todo o dinheiro que você ganha.
A final de contas ele (DEUS) é seu sócio, ele merece pelo menos 10% não é? Se ele não for o seu sócio, contrate-o o mais rapidamente possível, de quem mais você vai conseguir uma ajuda como essa e por tal preço? Deus nem mesmo inflacionou seu salário.
Ele recebe 10% (dez por cento) a milhares de ano! Ele é melhor negócio que existe hoje em dia! Devolva os 10%(dez por cento) que pertence a Deus no altar do Senhor que inspira você. “DEVOLVER O DÍZIMO ENCAIXA-SE BEM COM O NOSSO SISTEMA DE LIVRE INICIANTE”: Você tem de dar para receber. A versão de Deus diz: DAÍ E SER-VOS-Á DADO(Lc 6.38).
Muitos de nossos atuais milionários dizem que devolver o dízimo e ofertar é a chave que trouxe suas fortunas. Alguns deles pertencem as suas famílias Heins,Colgate,Kraft e Rokefeller. O rei Salomão um dos homens mais ricos que já existiu disse: “HONRA AO SENHOR COM TEUS BENS E COM AS PRIMICIAS DE TODA A TUA RENDA; SE ENCHERÃO DE FARTURA OS TEUS CELEIROS E TRANSBORDARÃO DE MOSTO OS TEUS LAGARES.”(Pv.3.9,10).
TRÊS RAZÕES PARA OFERTAR E DIZIMAR:
Primeira: Isso nos ajuda a manter uma perspectiva adequada do dinheiro. Jamais queira ser um avarento. Dar é parte mais interessante de se ter dinheiro.
Segundo:Acredito que, para manter alguém trabalhando bem para você, você tem que pagá-lo bem. Lembre-se você tem de dar para receber, pois isso é a lei de Deus.
Terceiro:Mal podemos esperar para ter nossos celeiros cheios de trigo e cevada!
Eu recomendo a você devolver o dízimo e ofertar para que você vivar uma vida mais rica e mais completa.
Oliveira de Jesus
Servo do Deus Vivo!

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *