• Página inicial
  • /
  • Diversos
  • /
  • líderes cristãos expressam consternação e pedem orações nas redes sociais pelo Incêndio em boate em Santa Maria

líderes cristãos expressam consternação e pedem orações nas redes sociais pelo Incêndio em boate em Santa Maria

líderes cristãos expressam consternação e pedem orações nas redes sociais pelo Incêndio em boate em Santa Maria

A tragédia na bota Kiss, em Santa Maria, RS, onde mais de 230 jovens morreram num incêndio, causou comoção nacional e levou a manifestações emocionadas de diversos líderes evangélicos.
O pastor Marco Feliciano usou o Twitter para expressar sua consternação e dor: “Oremos pelas famílias das vítimas da cidade de Santa Maria-RS. Meus sentimentos aos gaúchos. Mais de 230 mortes, tragédia estúpida!”.
O pastor Ciro Zibordi usou seu perfil no Facebook para expressar sua “profunda tristeza na alma” devido à dor dos familiares das vítimas, e pedir que além de “orarmos por elas, sejamos cristãos de verdade, que pregam o Evangelho, aconselham, socorrem os necessitados, confortam os que sofrem, etc”.
Zibordi pontuou que a igreja pode mais: “Podemos fazer mais do que temos feito. Mas não caiamos no erro de propagandear nossas realizações em prol dos necessitados. O nosso galardão vem do Senhor”.
O reverendo Hernandes Dias Lopes também usou o Facebook para externar seus sentimentos a respeito da tragédia: “É hora de chorar com os que choram e rogar a Deus o consolo do seu Espírito a essas famílias enlutadas”.
Lopes afirmou que a tragédia que “ceifou a vida de jovens e adolescentes, deixando as famílias dessas pessoas de luto e o Brasil com o rosto banhado de lágrimas”.
A necessidade de agir com base nos princípios cristãos para socorrer os aflitos também foi destacada pelo reverendo: “Essa dor que lateja no peito dos familiares dói também no peito de todos nós […]É tempo de orarmos em favor das famílias enlutadas e nos colocarmos como instrumentos nas mãos de Deus para levarmos o Evangelho de Cristo, a única mensagem que preenche o vazio do coração humano e consola os aflitos”, convocou.
O editor do Púlpito Cristão, Antognoni Misael, usou o espaço no site para externar sua consternação pelo fato: “Não conseguiria dormir esta noite sem que antes expressasse minha tristeza em relação a tragédia de Santa Maria-RS […] Creio que o que importa nesse instante de luto é apenas se permitir a se sentir o mais humano possível. Fica a dor e a tarefa de chorar com estas famílias. Orar por cada parente. E rogar a Deus pelos que estão hospitalizados. Que Deus refrigere cada coração despedaçado”.
O pastor batista Fabricio Cunha publicou em seu site um relato em que compara o dia cinza, em São Paulo, com a tristeza e o choque pela notícia da tragédia: “Abri a janela e vi o dia escuro, cinza e chuvoso. Não imaginava que ele era a expressão do coração de nosso Pai e de outros tantos pais, mães, irmãos e amigos que derramavam suas lágrimas doídas por seus jovens, ‘adormecidos’ em Santa Maria. Liguei a TV e vi a notícia. Parei, chocado, atônito com tamanha tragédia”, escreveu, sintetizando o sentimento da maioria das pessoas. “Quando alguém morre sem ‘precisar’ morrer, todos nós morremos um pouco”, finalizou.
A psicóloga Marisa Lobo usou o Twitter para enviar uma mensagem de apoio aos familiares e conterrâneos das vítimas: “Nesta horas de angustia e sofrimento ,o que podemos fazer é nos unir em amor e Fé. Nestes momentos de tragédias é quando percebemos como somos frágeis e precisamos da força e do amor de Deus. Não podemos estar aí para dar um abraço pessoalmente, mas estamos aqui pedindo a Deus que os console”.
A repercussão internacional do incêndio na boate Kiss em Santa Maria motivou manifestações de solidariedade por parte de artistas, como a cantora Lady Gaga, que publicou uma mensagem de apoio aos familiares: “Minhas orações vão para os familiares e amigos que perderam seus amados no fogo no Brasil. Estou pensando em vocês hoje durante essa tragédia”. Logo depois, a cantora publicou uma foto em que aparentemente fazia uma prece.
A solidariedade aos familiares fez com que um pai e uma filha comparecessem ao ginásio onde está sendo feito o velório para manifestar seu apoio. José e Raissa Silva percorreram um a um os caixões, e depois de abraçarem os familiares, cantaram uma música gospel. De acordo com informações do G1, são “poucos os que não se emocionam com a melodia em memória às vítimas da tragédia”.
A iniciativa, foi motivada pelo sentimento de dor compartilhado pelo país: “Alguns jovens que morreram eram conhecidos, outros não. Mas somos todos irmãos, criaturas de Deus. Viemos mostrar nossa compaixão, solidariedade. A música penetra na alma para serenar”, explicou José Silva.
Embora muitos tenham usado as redes sociais para externar sua dor com o ocorrido, uma reflexão foi compartilhada por muitos usuários do Facebook. No texto, o autor afirma que a tragédia foi “uma grande ceifa”. Confira a íntegra abaixo:
Kiss, o beijo do diabo.
Essa madrugada perdemos 245 jovens em Sta. Maria, foi uma grande ceifa, e quem foi o ceifeiro? A verdade é que o campo estava florido e onde estavam os verdadeiros ceifeiros? Permitiram a ceifa do ladrão, o nome é proporcional a sedução, kiss ou beijo. A pergunta que não quer calar é: Será que havia alguém desviado? Um filho de um cristão? Amigo de um servo do Senhor? Como o jovial pensamento de sermos intocáveis 245 jovens seduzidos foram beijados, famílias desfalcadas e a pergunta é: como ouviram se não há quem pregue? Como se salvarão se ninguém se dispõe a ir?
Poderia ser uma grande ceifa mais o ladrão roubou nossa colheita. Que se levante a geração de Gideão que toma das mãos dos ladroes a colheita que é do povo de Deus. Talvez jovens vão ler esse texto e pensarem que estou radicalizando mais poderia ter sido você, e lá estaria morto(a) o ex adorador, pregador ou cristão. Beijados por satanás, estamos diariamente perdendo inúmeros jovens, e por quê? Os campos estão floridos mais não há ceifeiros.
 
O socorro às vítimas segue em Santa Maria e cidades vizinhas, além de Porto Alegre, capital do estado. A Defesa Civil pede ajuda de voluntários e a Secretaria de Saúde gaúcha solicita que doadores de sangue compareçam aos hemocentros. Saiba como ajudar clicando aqui.
Gospel +

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *