Discos voadores. Existem ou não?

Discos voadores. Existem ou não?

A pergunta que não quer calar. Será que os discos voadores existem?”

O assunto é atual, principalmente em nossos dias onde a tecnologia e seus avanços são o assunto em pauta, embora seja improvável e incomprovada a sua existência. Antes de qualquer coisa, gostaríamos de deixar claro que o nosso objetivo não é ofender, mas admoestar em amor sobre ET’s e discos voadores. Esta expressão “discos voadores” foi cu­nhada há mais de 30 anos pela imprensa ao anunciar a visão de nove objetos em forma de disco voando sobre Mount Kenneth Arnold, no dia 24 de junho de 1947. Mais tarde criou-se uma expressão mais abrangente, ou seja, Objetos Voadores não Identificados ou OVNIs. Desde então, várias pessoas come­çaram a ver estes objetos, sempre de forma misteriosa, nunca em lugares abertos ao grande público, e até onde se sabe, ninguém viu antes de ser noticiado pela mídia. No momento, de todas as partes do mundo, chegam inúmeros relatos da existência de objetos voadores não iden­tificados.
Mas, 90 por cento destes relatos diários são imprestáveis por falta de con­sistência. *Outra coisa muito importante é mostrarmos que esta expressão “OVNI” não é, como muitos pensam, usada apenas para se falar de objetos supostamente extraterrestres, mas também pode se referir a sondas ou a qualquer outro objeto voador de origem humana que possa ser usado para espionagem e que não possa ser identificado por pessoas comuns. Sobre este assunto é necessário considerar outros fatos de grande importân­cia: 

1. Os simples enganos. O relatório de 1969 (8.400 páginas) da Força Aérea dos EUA, que analisou 12.618 supostas visões de OVNI’s, afirma que 95 por cento dos relatos devem-se a “simples enganos de identifi­cação de uma variedade incrível de fenômenos”. Os tais objetos voadores foram confundidos com meteoros, relâmpagos em forma de bola, reflexões de holofotes nas nuvens, balões meteorológicos, foguetes e até com insetos que apresentam órgãos fosforescentes localizados na parte inferior dos segmentos abdominais (os pirilampos, também chamados vaga-lumes, as moscas de fogo). Fotos apresentam objetos de todos os tipos e formas, alguns na tentativa de provar que discos voadores existem, postam fotos borradas ou retiradas de filmes de tv, etc.

2. Mistificações. Para ganhar dinheiro e notoriedade, ou para distrair a atenção da massa, milhares de pessoas estão pron­tas a abusar da credulidade alheia, com exageros ou mentiras bem elaboradas. Religiosos, políticos, vendedores e até cientis­tas estão sempre prontos a explorar esta mina que é a credulidade humana. Aproveitando-se disso, muitos fazem fortunas em torno da crendice e curiosidade humanas. Em alguns casos, também podemos ver pessoas públicas que passaram para o anonimato e com o intuito de voltar à mídia, usam desses subterfúgios para voltar aos holofotes.

3. Alucinações. O indivíduo alucinado, isto é, privado temporariamente da razão, pode não estar mentindo quando afirma sem sombra de dúvida ter visto objetos voadores não identificados e seus tripulan­tes, mas isto não quer dizer obrigatoria­mente que a visão seja real. Segundo o psi­quiatra Jean Rosembaum, este é o caso do lenhador Travis Walton, que em 1975 teria sido levado para o interior de um OVNI, no Arizona, e visto “seres semelhantes a fetos desenvolvidos, de 1,50 m de altura mais ou menos, com cabeças carecas e ovais, e enormes olhos castanhos”. Walton era fã de discos voadores e, pouco antes do incidente, dissera à mãe que, se algum dia fos­se raptado por um aparelho destes, que ela não se preocupasse, pois tudo terminaria bem. As alucinações podem ser provocadas por enfermidades mentais e por outros meios, inclusive a ingestão de drogas alucinóge­nas.

4. Projeções. O psicólogo suíço Kal Jung, falecido em 1961, acreditava que os OVNI’s eram produtos da inteligência e imaginação do homem, “projeções do sub­consciente coletivo, trazidos à tona em tempo de “stress” ou coisa parecida”. Aquilo que sempre foi história de quadri­nhos e ficção científica tornou-se, na mente do povo, estranha realidade.

No que diz respeito a fotografias de OVNI’s, um artigo de Seleções informa que elas “têm sido identificadas como discos plásticos de brinquedo atirados ao ar, fotomontagens, objetos pendentes de fios, su­jeira na lente da máquina e manchas de re­velação”. Ninguém ignora as possibilida­des atuais da arte fotográfica, especial­mente na fotomontagem, ou no tradicional e impressionante Photoshop.

5. Enganos místicos e escabrosos. O assunto é tão levado a sério por algumas pessoas, que precisa-se de muita “fé” para acreditar em tais absurdos, e para tanto, seitas religiosas foram criadas. Existem vários relatos de pessoas que tiveram supostas visões nas quais teriam recebido mensagens de seres extraterrestres de grande estatura e vestidos à caráter (extraterrestre, é claro!) com mensagens de ‘paz’ para os homens. E crendo que essas mensagens seriam realmente verídicas, obedecem fielmente a tais ordens. Em uma matéria mostrada na Revista Superinteressante de julho de 2008, um que seria um comandante estelar chamado Ashtar Sheran, extraterrestre da constelação de Alfa Centauro, que inclusive tem o nome bem parecido com o de um personagem infernal chamado Ishtar, deusa acádia. Esta personagem do culto acádio tem seus cognatos entre os filisteus, egípcios, sumérios e fenícios; com os nomes de Ashteroth (Astarote), Isis, Innana e Ashtarte (Astarte), respectivamente e representam algumas de suas divindades locais.
Após os encontros com esse suposto ser espacial, algumas pessoas que tiveram esses contatos escreveram seus próprios livros e relatam esses encontros como sendo “sagrados” com recomendações para a salvação. Por isso, sempre advertimos, que existem demônios por trás dessas supostas aparições, pois sempre vem com mensagens para salvação e paz, coisas que somente podemos encontrar em Jesus Cristo. Ainda, conta-se que tais livros são base para novas religiões em que os tais ET’s são objetos de culto, contrariando o que a Palavra de Deus diz sobre adorar unicamente a Deus. Seguido por essa onda de “reveladuras” extraterrestres, surgiram relatos de objetos voadores pilotados por seres intergalácticos e junto com a tal onda extraterrestre, surgem também os “contatados”, pessoas encarregadas de propagar a palavra dos ET’s na terra. Uma mera imitação da verdade!
6. Grandes fraudes. A ufologia está repleta de casos famosos que no final se tornaram mais conhecidos ainda por se revelarem ser uma fraude. É claro que existem pessoas que não são mal intencionadas nesta história, mas infelizmente estão grandemente equivocadas. Houve um caso de um funcionário de um restaurante próximo ao observatório de Hale, na Califórnia, que em uma expedição ao deserto do Arizona narrou ter visto discos voadores e entrado neles, mas curiosamente (não surpreendente) os ET’s não permitiram fazer nenhuma imagem das naves, ele por sua vez teria produzido imagens da nave causando grande sensação mundo a fora. Pouco tempo depois as fotos das naves foram reconhecidas por avicultores locais como sendo de uma chocadeira de ovos fabricada nos EUA. Tudo que envolve a mentira e o engano deve ser rechaçado.
7. O caso Roswell. Este é o mais conhecido de todos, e talvez o que mais rendeu comentários, documentários e filmes. Um desses filmes, teria sido encontrado por um produtor inglês chamado Ray Santilli que em 1995 afirma ter encontrado um filme de 16mm contendo imagens da autópsia de um cadáver de um ET. O filme teria sido adquirido das mãos de um ex-cinegrafista misterioso da Força Aérea que afirmava que o material era autêntico, tendo sido produzido após a queda de um OVNI nas proximidades de Roswell no ano de 1947. As imagens chegavam a espantar, pois revelavam um ser horripilante de com grandes olhos escuros e nariz pouco proeminente e que ficou conhecido no mundo inteiro. Mas o que ficou provado posteriormente? Segundo especialistas em efeitos especiais o ET era muito parecido com bonecos produzidos para o cinema. O que reforça ainda mais essa situação é o fato de alguns desses especialistas terem produzidos bonecos semelhantes ao da imagem, usando revestimento de látex e vísceras de animais.
Um caso como este, caso fosse verídico, jamais ficaria entre quatro paredes, com certeza seria mostrado abertamente para todo o mundo. Imagine a fama dos envolvidos em tal autópsia! Com certeza não guardariam para si. Quando o vídeo foi mostrado para alguns cirurgiões, eles ficaram perplexos com a falta de habilidade daqueles que seriam os cirurgiões envolvidos na autópsia. Um deles disse: “ele mal sabe segurar o bisturi!”. E o que dizer do cinegrafista do filme? Seus closes sempre eram desfocados. Quando foi pressionado para entregar o seu filme para análises detalhadas, Santilli afirmou ter vendido o filme para um colecionador que preferiu o anonimato. Mais uma vez, o povo ficou a ver navios.
E o que dizer do caso do ET bailarina, o disco voador da Barra da Tijuca no Brasil, e o conhecido caso da Tiazinha também aqui em terras brasileiras? Todos se mostraram ou fraudes, ou enganos de identificação pessoal. (Para ler os artigos completos, clique aqui)
 
8. Engano para afastar as pessoas da verdade. Sempre que leio qualquer artigo sobre OVNI’s percebo que os supostos ET’s sempre trazem uma mensagem de paz, amor, harmonia, e por último de salvação para a raça humana, distorcendo tudo o que aprendemos nas Sagradas Escrituras sobre a verdadeira paz, amor e salvação que estão em Cristo Jesus. Seus ensinos são heresias de destruição introduzidas encobertamente e que trazem uma salvação sem Jesus negando-O, trazendo apenas perdição, afastando os homens de Deus (II Ped. 2:1). Os ET’s por muitas vezes aparecem como seres extraterrestres espirituais trazendo doutrinas maquiadas de verdade, mas não resistem a prova das Escrituras, sendo doutrinas de espíritos enganadores e ensinos de demônios (I Tim. 4:1). Pelas misericórdias de Cristo, afastem-se desses ensinos, leiam a Palavra de Deus, não sucumbam a tantas mentiras.
9. O fim trágico das seitas envolvidas com OVNI’s e outras polêmicas. Quando falamos que é preciso ter fé em OVNI’s e que tais ensinos são ensinos fraudulentos, não afirmamos por acaso, pois é preciso ter fé para acreditar nessas coisas que não se podem provar fisicamente falando. E também sabemos que muitas seitas surgiram com o tempo para ludibriar as pessoas envolvendo-as nas trevas extraterrestres. Vejamos alguns casos:
  • Seita Heaven’s Gate: fundada em 1970, é uma das mais famosas e conhecidas do mundo no que diz respeito ao envolvimento com elementos ufológicos. Seus líderes se diziam escolhidos para propagar os ensinos extraterrestres na terra. No dia de 27 de março de 1997, cerca de 39 pessoas dessa seita foram encontradas mortas em uma mansão ao norte de San Diego, Califórnia, EUA. Cometeram um suicídio coletivo, conduzidas por Marshall Applewhite, líder da seita. Segundo o ensino de Applewhite, qualquer um dos seus seguidores que cometesse suicídio no momento da passagem do cometa Halle-Bopp pela Terra, alcançaria a vida eterna. Mais uma tragédia que aconteceu por causa da crença em alcançar a vida sem Cristo. Lamentável!
  • Projeto Portal: Fundada por Urandir F. de Oliveira em Corguinho-MS. Segundo o próprio Urandir, ele é um representante dos ET’s na Terra. Urandir foi preso em uma ocasião em que foi acusado de de participar de um esquema de venda ilegal de lotes de terra em Corguinho. Usando de estratégia, afirma que o mundo será castigado por uma grande inundação, mas o lugar que ele mesmo chama de “A Cidade dos ET’s”, local onde estão os referidos lotes, estará livre da suposta tragédia. Urandir também está envolvido com a polêmica do ET Bilú, que fez aparição em diversas emissoras de Tv, porém de dentro de uma mata espessa à noite, com imagens não muito nítidas (surpreso?). Tal criatura afirma ter mais de 4000 anos, tem voz infantil, fala qualquer língua humana do planeta e tem aspecto humanóide. Urandir, o líder do Projeto Portal também se auto-proclama ufólogo e paranormal. As imagens das aparições do ET de Urandir foram analisadas por especialistas que comprovaram que o tal ser é uma grande farsa montada por Urandir.
  • Lineamento Universal Superior (LUS). Nasceu em Buenos Aires fundado pela vidente brasileira Valentina Andrade e por seu esposo, José Turuggi, um argentino. Para os idealizadores da seita, havia uma necessidade das pessoas se tornarem membros da seita por que apenas eles seriam salvos do apocalipse, resgatados por naves espaciais. Mas o maior problema envolvendo os membros dessa seita foi em meados da década de 80, quando Valentina e outros membros da seita foram acusados de castrar nove meninos de 8 a 14 anos e assassinar 6 deles, em rituais satânicos, entre os idos de 1989 e 1993, Altamira, no Pará. Quando Valentina teve a sua casa invadida em Londrina, no Paraná, para surpresa de todos, encontraram várias fitas de vídeo onde ela aparecia em transe dizendo: “matem criancinhas”.
Existem ainda aqueles que creem ser filhos de ET’s com meros terráqueos, entre outras coisinhas mais, que só tendo muita “fé” (pena que não a bíblica!) para acreditar nisso. Mas nós podemos estar certos de que há uma morada verdadeira reservada para aqueles que creem no Senhor Jesus, ouvem e obedecem a sua Palavra, esse morada é a celestial, mas lá “ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira.” (Apoc. 22:15).
 
Finalmente, concluímos: se em cada 100 casos de visões de OVNI’s 95 não passam de simples enganos de identificação de uma variedade incrível de fenômenos, seria razoável acreditar na existência de tais objetos e seres? Tudo isso faz parte dos planos do diabo para enganar e aprisionar vidas.
Jesus Cristo veio para nos dar vida e vida em abundância (Jo. 10:10b), e é essa vida que muitos tem buscado ter, mas recorrem a fontes duvidosas e alheias a verdade e a são doutrina, preferindo crer no que lhes é mais conveniente. Creia no Senhor Jesus, e serás salvo, tu e tua casa (Atos 16:31). Não aceite qualquer doutrina de aproveitadores. Faço um convite, leia a Bíblia sinceramente, ore a Deus e peça-O direção para que fale com você, pois assim terás a verdadeira revelação que vem da fonte mais confiável do Universo, o Deus Criador.
Grande abraço.
www.oucaapalavradosenhor.com
Bibliografia:
A Bíblia Responde. 2ª Ed. Rio
de Janeiro: CPAD, 1983.
*Wikipedia (Discos voadores)
Wikipedia (ET Bilú)
Superinteressante Abril (Heaven’s Gate, Projeto Portal e LUS)

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *