DEIXAR DE VIVER PARA JUNTAR DINHEIRO É A ECONOMIA BURRA

DEIXAR DE VIVER PARA JUNTAR DINHEIRO É A ECONOMIA BURRA

DEIXAR DE VIVER PARA JUNTAR DINHEIRO É A ECONOMIA BURRA

Volte e meia no meu ambiente de trabalho, no contexto do mundo corporativo atual e, para minha tristeza no meio cristão eu ouço aquelas determinadas mensagens que me levam a reflexão e muita tristeza: 


Abre aspas. “Um artigo no qual jovens executivos davam receitas simples e práticas para qualquer um ficar rico. Aprendi, por exemplo, que se tivesse simplesmente deixado de tomar um cafezinho por dia, nos últimos quarenta anos, teria economizado 30 mil reais. Se tivesse deixado de comer uma pizza por mês, 12 mil reais. E assim por diante. Impressionado, peguei um papel e comecei a fazer contas. Para minha surpresa, descobri que hoje poderia estar milionário. Bastaria não ter tomado as garrafas de vinho que tomei, não ter feito muitas das viagens que fiz, não ter comprado algumas das roupas caras que comprei, inclusive porque eu ajudei pessoas necessitadas, …Enfim… principalmente, não ter desperdiçado meu dinheiro em itens supérfluos e descartáveis. 

Ao concluir os cálculos, percebi que hoje poderia ter quase 500 mil reais na conta bancária. É claro que não tenho esse dinheiro. Mas, se tivesse, sabe o que esse dinheiro me permitiria fazer? Viajar, comprar roupas , me esbaldar em itens supérfluos e descartáveis, comer todas as pizzas que quisesse, tomar cafezinhos à vontade e ajudar pessoas. Por isso, me sinto muito feliz em ser pobre. Gastei meu dinheiro com prazer e por prazer. E recomendo aos jovens e brilhantes executivos que façam a mesma coisa que fiz. Caso contrário chegarão aos 61 anos com uma montanha de dinheiro, mas sem ter vivido a vida”. Fecha aspas. 

Me fez lembrar de dois textos: 

“Cuidado! Fiquem de sobreaviso contra todo tipo de ganância; a vida de um homem não consiste na quantidade dos seus bens…. Louco! Esta mesma noite a sua vida lhe será exigida. Então, quem ficará com o que você preparou? Assim acontece com quem guarda para si riquezas, mas não é rico para com Deus”. Lucas 12: 15, 20 e 21 

“…Recordando as palavras do Senhor Jesus, porquanto ele mesmo disse: Coisa mais bem-aventurada é dar do que receber” Atos 20:35. 

Fica aqui uma reflexão para os jovens Casa própria é uma grande realização pessoal, mas é uma punição também. O jovem fica medroso. O que eu recomendo aos jovens é que evitem a casa própria, trabalhem muito, que aluguem algo barato, próximo ao trabalho, não comprem carro, viajem, façam cursos, ousem, criem, façam arte, sirva pessoas. Fiquem soltos, estejam propensos a mudanças. Quanto mais propenso a mudar, mais a gente cresce. Por incrível que parece li isso na revista Trip. 

Juliano Fabricio

TAG: DEIXAR DE VIVER PARA JUNTAR DINHEIRO É A ECONOMIA BURRA

Deus te ama e tem um plano maravilhoso de vida e salvação para você!!!
Pastor Júlio Fonseca

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *