Artigos em Destaque

ANA PAULA O TESTEMUNHO DE UMA EX-PAQUITA

Assista o testemunho impactante desta ex-paquita, mais que na verdade é uma grande serva de Deus, que ele possa abençoá-la para que dê muitos frutos em seu ministério.

Pastor Júlio Fonseca

Com apenas nove anos, Ana Paula Almeida estava saindo para ir à escola quando recebeu uma ligação que mudaria sua vida. Era a produção do programa da Xuxa, dizendo que ela iria participar de alguns testes para ser paquita. A menina levou um susto. Não sabia que sua irmã mais velha havia mandado uma carta para a Globo, que acabou sendo escolhida entre outras duas mil enviadas.

Nessa época, em meados dos anos 80, Ana morava no subúrbio do Rio, em Vista Alegre, em uma casa humilde. Quando Marlene Mattos (então produtora do programa) perguntou qual era seu maior sonho, ela não titubeou. “Respondi que meu sonho era que Xuxa passasse de carro na minha rua”, diz Ana, em entrevista para o EGO.

O sonho acabou se realizando de outra forma. Ana Paula foi selecionada para fazer parte da segunda geração de paquitas. No dia da coroação, quando entrou oficialmente para a turma da Xuxa, ela não conseguia parar de chorar. Daí veio o apelido de Pituxita Bonequinha. “Lembro que a Xuxa me olhou e disse: ‘Nem chorando ela fica feia. Parece uma bonequinha’”, conta Ana Paula.

Durante seus nove anos como paquita, Ana conheceu o mundo ao fazer shows na Espanha, nos Estados Unidos e na América Latina. Com o dinheiro recebido, ajudou a família, que se mudou do subúrbio para a Zona Sul do Rio. Mas o sonho acabou quando fez 18 anos. Era a vez das meninas mais novas substituírem as mais velhas. “Fiquei muito triste. A Xuxa me colocou para trabalhar na produção do programa, talvez pra eu não sofrer tanto”, diz.

Ensaio nu e noivado com Romário

A partir de então, Ana fez faculdade de Marketing e Artes Cênicas. Foi chamada para algumas pontas em novelas e participou de cinco peças de teatro. Nessa época, conheceu o jogador de futebol Romário, que virou seu primeiro namorado. Acabou virando alvo das revistas masculinas, que queriam ver a ex-paquita ninfeta e noiva de Romário sem roupa. “Me ofereceram 800 mil dólares para posar nua. Não aceitei. Primeiro, porque era evangélica. Segundo, porque minha família era muito tradicional”.

O noivado com Romário também não foi para frente. “Eu queria casar virgem e ele sempre me respeitou. Mas desisti do casamento. Ele era muito mulherengo, não teria dado certo”. Acabou ficando quatro anos sem “beijar na boca”, esperando pelo homem certo. Até que conheceu o empresário José Roberto na praia. Em um ano, namoraram, noivaram, casaram e tiveram um filho, Davi.

A religião

Desde criança, Ana diz ter uma forte ligação com Deus. “Em uma viagem para o exterior, uma paquita teve uma crise de asma de madrugada e estava sem as bombinhas. Acordou roxa. Perguntei se podia rezar por ela, mas ela disse que era ateia. Eu insisti e comecei a rezar. Ela ficou boa”.

Outras experiências parecidas aconteceram, mas o que realmente mudou a vida de Ana Paula foi o nascimento do filho. Com problemas de tireóide e ovários policísticos, os médicos diziam que ela não conseguiria engravidar tão cedo. O marido, então, a levou a uma igreja, onde uma mulher rezou e colocou as mãos sobre sua barriga. Dois meses depois, engravidou. Nessa época, Ana Paula estava em turnê com outras ex-paquitas, e precisou parar com os shows por conta do filho.

Musa gospel

Para agradecer o milagre recebido, ela gravou um CD de músicas gospel. Depois do que chama de diversos sinais divinos, Ana resolveu usar seu talento para ajudar as pessoas. Passou a fazer palestras e cantar nas igrejas evangélicas. “Comecei a ver que meu testemunho curava as pessoas. Uma vez, levaram uma mulher em uma cadeira de rodas. Depois que orei, ela se levantou e começou a marchar”, conta.

Hoje, Ana tem 31 anos e continua fazendo palestras nas igrejas. Sobre seu passado na TV, diz que não tem arrependimentos. “Meu trabalho sempre foi sadio. Nunca saí nua, nunca fiz nada que manchasse minha reputação”. A carreira artística, aliás, não ficou para trás. “Estou ensaiando uma peça inspirada no musical ‘High School Musical’”, diz a loira, que também estuda Direito e pretende fazer concurso público.




Meu nome é Júlio Fonseca sou Pastor da Igreja de Deus no Brasil na pequena cidade de Anhanguera/Go. Usando a internet para levar a palavra de Deus a todos. Com paz, amor e respeito.

Compartilhe esta postagem

Compartilhe no Facebook

Faça uma Réplica

© 2014 Ida Gospel. Todos os direitos reservados. site Admin | Desde Fev/2006
subir