OS DESENHOS PROIBIDOS DA DISNEY

Durante anos e anos, a Disney influenciou diversas gerações no mundo todo, seus desenhos foram assistidos por milhões de pessoas, na grande maioria, crianças. Obviamente todo esse poder, levou à  criação de diversas teorias, dizendo que a empresa do Walt criava vídeos com mensagens subliminares de sexo, satanismo, entre outros. Talvez isso seja verdade, talvez não. Talvez a mulher com os peitos de fora que aparece em um dos desenhos Disney, seja só uma graça feita pelos produtores da empresa, talvez tenha toda uma conspiração por trás, nunca saberemos ao certo.
Porém, os vídeos mostrado aqui neste post, foram feito com o intuito de criarem uma propaganda anti-nazismo nos EUA, porém foi vetado pelo Departamento de Defesa norte-americano, ficando esquecido por algumas décadas.
Mesmo para aqueles que não tem nenhuma noção de inglês, vale a pena “acompanhar as figuras”. :-)

 

Além desse clássico aí em cima, temos um outro desenho do Pato Donald, que trás o pato como um trabalhador da indústria nazista. O país é cercado de suásticas, com a obrigação de todos venerarem Hitler, Mussolini e cia. Donald acaba enlouquecendo com tamanha pressão. Assim como o desenho de cima, este também foi banido.


Não sei se o tema em questão era o mais adequado para crianças, mas de qualquer forma, anos depois, estes se tornaram documentos históricos, retratando o desespero de uma época não muito distante.

Veja também:

A DISNEY É SATÂNICA SAIBA PORQUE

Fonte: http://www.purabalela.com/videos/cartoon/os-desenhos-proibidos-da-disney

TAG: OS DESENHOS PROIBIDOS DA DISNEY

Deus te ama e tem um plano maravilhoso de vida e salvação para você!!!
Pastor Júlio Fonseca
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter3Print this page
Compartilhe no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>